F ó r u m Y a o i P r o j e c t B r

F ó r u m Y a o i P r o j e c t B r


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Kimonos: história e tradição

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Kimonos: história e tradição em Sex Ago 08, 2008 11:24 pm

Aqui tu apreciará sobre trajes típicos do Japão que aparece muitas vezes nos animes por exemplo.

Esse é um típico kimono Iromuji


Sobre o Kimono:
O kimono, que significa coisas para se usar, era um termo genérico para vestir-se no Japão. Porém depois que a roupa ocidental (youfuku) foi introduzida ao Japão, a palavra veio significar a roupa japonesa tradicional (wafuku).
O kimono é um dos símbolos do Japão, reconhecido em todo o mundo por sua beleza e elegância. Surgiu no século VIII, no período de Nara (710 -794), a partir da metade do século 16, sendo usado como roupa de baixo, de mangas curtas (kosode) e como vestimenta de uso diário. O termo kimono passou a ser utilizado no século 18.

Hoje, a maioria das japonesas veste-se ao estilo ocidental, porém a roupa tradicional ainda é muito usada como traje formal em ocasiões especiais e também como roupa de uso diário no lar (yukata). Geralmente são confeccionados de seda, cujos desenhos, cores e estampas variam de acordo com a ocasião e o estado civil de quem o veste.

Há diversas classificações do kimono. Veja abaixo os mais usados e famosos.

::TIPOS E MODELOS::

FURISODE: "mangas que balançam", kosode feminino cujas mangas possuem 70 cm a 90 cm de comprimento. É o kimono formal das moças solteiras, ricamente estampado, fechado com obi em brocado multicolorido e brilhante amarrado em grandes laços nas costas. É geralmente usado no Seijin Shiki (Cerimônia da Maturidade, no mês de janeiro no ano em que a moça completa 20 anos) e pelas moças solteiras aparentadas da noiva nas cerimônias e recepções de casamento.
Exemplo:


KUROTOMESODE: "mangas curtas preto", kimono preto com profusa decoração das coxas para baixo e com 5 kamons (escudos de família) impressos ou bordados em branco nas mangas, peito e costas. Usado com um obi de brocado dourado, é o kimono mais formal das mulheres casadas, geralmente usado pelas mães do noivo e da noiva num casamento.
Exemplo:


IROTOMESODE: "mangas curtas colorido", kimono liso de uma só cor, geralmente em tons pastéis, com profusa decoração das coxas para baixo e com 5 kamons (escudos de família) impressos ou bordados em branco nas mangas, peito e costas. Usado com um obi de brocado dourado, é um kimono menos formal que o kurotomesode, e é usado por mulheres casadas que são parentes próximas dos noivo e da noiva num casamento.

HOUMONGI: para mulheres, pode ser formal ou não.

TSUKESAGE: Comparado ao houmongi, o tsukesage tem uma decoração um pouco mais discreta e é considerado menos formal que o houmongi. Dos kimonos que podem ser usados diariamente por casadas e solteiras, é o mais requintado.

IROMUJI: "traje de visita", kimono liso de uma só cor, geralmente em tons pastéis, com profusa decoração em um dos ombros e uma das mangas, e das coxas para baixo, sem kamons (escudos de família). Considerado um pouco menos formal que o irotomesode, em cerimônias de casamento é usado por mulheres casadas ou solteiras, que geralmente são amigas da noiva. O houmongi também pode ser usado em festas formais ou recepções.

KOMON: "estampa pequena", kimono feito com seda estampada com desenhos pequenos repetidos por toda a peça. Considerado casual, pode ser usado para sair pela cidade ou para jantar em um restaurante. Pode ser usado por casadas e solteiras.

YUKATA
: kimono informal de algodão estampado, sem forro. Mulheres usam os de grandes estampas, geralmente de flores, com obi largo, e os homens usam os de pequenas estampas, com obi estreito.
O yukata é mais usado em matsuris (festivais), mas também pode ser usado diariamente em casa.
Ryokans (hotéis ou pousadas tradicionais) e onsens (resorts com termas) costumam disponibilizar yukatas para todos os hóspedes.
Exemplo:


MOFUKU: kimono tradicional para o uso em um velório (detalhe que ela é todo preto)

TOMESODE - "mangas encurtadas", kosode feminino de seda, forrado em seda de cor diferente, cujas mangas possuem 50 cm a 70 cm de comprimento. A expressão deriva do costume de que quando as mulheres se casavam elas passavam a usar kimonos com as mangas curtas - ou cortavam as mangas dos kimonos - como símbolo de fidelidade ao marido. A maior parte dos kosode usados por mulheres são desse tipo.

UCHIKAKE- é o mais rico kimono - sendo uma espécie de sobretudo que veste a noiva na cerimônia de casamento. O tecido de seda leva brocados de ouro e prata, mais comumente com desenhos de flores ou pássaros. Enquanto os vestidos ocidentais são confeccionados sob medidas específicas para cada pessoa, o kimono é feito em medidas aproximadas. Assim, o ajuste e caimento ficam por conta da maneira como ele é vestido. Isso requer uma técnica especial, pois poucas conseguem, sozinhas, vestirem o kimono sendo necessário recorrerem às profissionais especializadas. É um ritual que exige paciência e refinamento.

Hoje, as mulheres japonesas vestem kimono só para eventos sociais e cerimônias, assim como os homens e crianças.
Estas ocasiões vão das comemorações de Ano Novo, Festival Shichigosan (crianças de 3, 5 e 7 anos), Dia da Maioridade (20 anos) Formaturas, Casamentos e eventos especiais.

Atualmente, existe uma tendência bastante forte no Japão: o Fashion Kimono, que consiste na adaptação dos tradicionais trajes para uma concepção mais informal e moderna; tudo com o fim de agradar ao público jovem.


_________________

"...e quando me dei conta[...]"
Ver perfil do usuário http://twitter.com/SakuraUchiha_

2 Re: Kimonos: história e tradição em Sex Nov 04, 2011 4:43 am

Gostei dessa matéria, adoro Kimonos também e olha que não sou muito fâ do Japão =P

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum